quinta-feira, 28 de abril de 2011

anarquista frustrado

dia desses postei um texto que escrevi a 10 anos atrás... tinha 16 anos quando escrevi, aquela mentalidade adolescente...continuo a mesma pessoa, claro, apenas mais experiente. Continuo achando o Anarquismo uma coisa linda, a forma de organização social mais perfeita que existe... ou falta de organização, no caso... uma sociedade sem governo, sem líderes, sem leis, sem opressão, sem regras... é lindo e perfeito, o Anarquismo é idealista, um sonho perfeito... só tem um problema: o ser humano não é perfeito.

O Anarquismo em si não tem problema nenhum, o único problema é que o sistema (ou falta de sistema) Anarquista é bom demais para a raça humana em seu atual estágio de evolução no planeta Terra... é impossível uma sociedade anarquista funcionar como no texto do Raul Seixas que citei... para isso, todas as pessoas deveriam ser boas, puras, inocentes, justas, dignas, responsáveis, pacíficas, honestas, enfim... as pessoas não são perfeitas, o que impede a perfeição do anarquismo.

No Brasil então nem se fala... imagine se não houvesse Estado, governo, leis, polícia, os três poderes... se toda a organização social estatal não basta para organizar a sociedade brasileira. Temos leis, que não valem quase nada no Brasil, não tem valor moral, pois são quebradas desde cima, pelos políticos responsáveis por fazer as leis... até embaixo, pelos piores marginais que roubam e matam com violência, por motivos fúteis, mas escapam de pagar por seus crimes nas muitas brechas generosas da lei... no Brasil, o crime compensa, pois a lei não tem força, o Estado brasileiro não tem força para fazer cumprir a lei.

E a maior fraqueza do Estado brasileiro está nas pessoas que ocupam o poder, em todos os níveis, em todos os poderes... quando o Estado é gerido por pessoas que não respeitam a lei, o Estado perde a moral de impor a lei. Desde policiais, civis e militares, delegados, juízes, vereadores, deputados, senadores, prefeitos, governadores e até mesmo presidentes... quando somos obrigados a admitir que um palhaço como o Tiririca ser o Deputado Federal mais votado da história do Brasil é o menor dos nossos problemas, porque pelo menos ele é honesto, e como ele dizia na campanha, pior que tá não fica...

As vezes fico pensando se o governo brasileiro não é essa lambança de propósito... e não critico o governo do PT, o Lula ou a Dilma, pelo contrário, antes deles a situação era muito pior... o Lula tirou o Brasil do fundo do poço que o Fernando Henrique derrubou... o problema do Brasil está no sistema, do tipo de problema que uma simples reforma não resolve, seria preciso derrubar tudo e começar de novo... mas isso é meio inviável... afinal cada povo tem o governo que merece, e o povo brasileiro não faz por merecer um governo muito melhor do que temos. O povo brasileiro adora avacalhar, pois é acomodado demais para se revoltar e fazer as coisas acontecerem. Eleger o Tiririca demonstra isso.

Não sou fã do Comunismo, apesar de não entender o que é isso... também não sou fã do Capitalismo... ambos tem suas qualidades e seus defeitos... podem dizer que o Comunismo é mais justo, mais igualitário, mais equilibrado socialmente, onde as pessoas são iguais, não existem privilégios, vantagens, disparidades sociais... o problema é que isso é uma grande ilusão, um grande sonho, bom demais pra ser verdade, assim como o Anarquismo. Não é justo que o engenheiro que estudou tanto para projetar as coisas não seja valorizado, não é justo que um engenheiro receba o mesmo salário que o operário que não estudou. Afinal, sem o engenheiro, não tem emprego para o operário. O Comunismo não é justo por não premiar o esforço individual, não é justo com aqueles que estudam e se esforçam mais. Impede o desenvolvimento. Enquanto o capitalismo não é justo com o operário, afinal sem o operário a idéia do engenheiro não sai do papel. Não é justo que um trabalhador humilde trabalhe o dia inteiro enquanto sua família passa necessidades básicas...

O Capitalismo não é tão ruim, mas aqui no Brasil não tem sido justo. A Europa é um bom modelo de sociedade justa e equilibrada. Falta no Brasil justiça social. Também não entendo direito o que é o Socialismo, mas acho que é o que se aproxima mais do que considero ideal: uma mescla das qualidades do Capitalismo e do Comunismo. Que o esforço individual seja premiado, porém sendo justo com todos, de cima embaixo. Uma sociedade socialista, como na Europa, um sistema econômico capitalista, com um governo forte que garanta o equilíbrio e justiça social. Uma sociedade justa para todos, onde os mais dedicados, esforçados, que estudam mais e desenvolvem habilidades mais sofisticadas sejam premiados, mas também justo com os mais humildes.

O Governo Lula e do PT reduziram muito a disparidade social no Brasil. Não acabou com a miséria, mas reduziu muito. Não acabou com a fome, mas chegou perto. Melhorou a vida dos mais pobres, elevando muitos e inflando a classe média. Nunca governo algum no Brasil foi tão bom para os mais humildes, para a grande massa do povo. Porém esse governo popular, que favoreceu tanto os mais pobres, tem deixado a desejar em outras áreas, como na Segurança Pública.

Antigamente a maior causa da criminalidade no entendimento popular era justamente a injustiça social. Ladrões roubam porque os filhos estão passando fome. Esses existem, e não deveriam ser presos. Deveriam ser condenados a penas alternativas, como trabalhar em serviços públicos, recebendo salário, para que os filhos não passem fome. Mas também obrigados a estudar, aprender alguma profissão para trabalhar e sustentar a família, ganhando dinheiro honestamente. Mas hoje estamos vendo que esse tipo de ladrão é minoria. Afinal gente honesta trabalha, estuda, se esforça para sustentar a família. O governo petista, que melhorou a vida dos mais pobres, derrubou esse mito do ladrão coitadinho.

Afinal, ladrão que rouba para alimentar os filhos é ladrão de galinha. Ladrão de banco não rouba para colocar comida na mesa. Quadrilha organizada não comete crimes por falta de opção, pois tem conhecimento e recursos. Hoje o Brasil melhorou muito em distribuição de renda, porém a criminalidade, ao invés de diminuir, está se especializando, se organizando, aumentando. Não são ladrões de galinha com filhos passando fome. Os ladrões mais humildes, solitários, que não fazem parte de quadrilhas organizadas, roubam e as vezes matam para sustentar o vício nas drogas, cometem atrocidades, perdem a cabeça, perdem a noção, perdem a razão quando o corpo sofre uma crise de abstinência pela falta de drogas. Com uma arma na mão, perdem a noção da realidade para saciar a necessidade de consumir drogas, a qualquer custo.

Mas esses também não são os únicos, talvez nem mesmo a maioria. Não é o caso dos bandidos e criminosos cada vez mais organizados, que formam quadrilhas tão grandes que já se tornam um verdadeiro sistema a parte, cada vez mais organizado... com poderes que chegam a ameaçar e até mesmo pressionar governos, chegam a conquistar poder político para negociar com o Estado. Um bom exemplo disto ocorreu esses dias na região de Campinas, quando o líder do PCC na cidade de Paulínia agendou uma reunião com o Secretário de Segurança Pública do município, onde se apresentou como líder do PCC e fez exigências, pois a Polícia estava atrapalhando os negócios da quadrilha...

Gravação revela ameaças de criminosos do PCC contra autoridades municipais de Cosmópolis

Meu sistema favorito é o anarquismo, ou a falta de um sistema. Mas é bom demais pra ser verdade, uma sociedade anarquista seria perfeita com pessoas perfeitas, mas as pessoas tem defeitos. Quando indivíduos não respeitam o próximo, quando abusam de sua liberdade para ferir os direitos de outras pessoas, quando não respeitam a sociedade, suas regras, suas leis... é necessário que exista uma organização social para punir aqueles que não respeitam os outros. Mesmo nas tribos mais primitivas existem chefes, caciques, líderes. Em sociedades de milhões de pessoas, é necessário um Estado organizado, um sistema com poderes para organizar a sociedade, manter a paz e o equilibrio. Deter, julgar e condenar aqueles que não respeitam as regras de convivência da sociedade.

Anarquismo seria perfeito, mas essas pessoas que não respeitam as regras da sociedade são o motivo da necessidade dos governos. Seria ótimo não precisar de Polícia, que a Polícia não existisse. Mas a Polícia é uma necessidade criada por bandidos que não respeitam o direito de outras pessoas, não respeitam a sociedade e suas regras. A Polícia é um mal necessário, o Governo é um mal necessário, para organizar uma sociedade formada por pessoas boas e ruins. Se todas as pessoas fossem boas, não haveria necessidade de Polícia, não seria preciso um governo, um Estado de Direito. A humanidade não é boa o bastante para viver em paz e harmonia no anarquismo.

Nunca um governo foi tão bom com os mais pobres, e isso derrubou o mito do bandido coitadinho. Gente ruim, que não respeita os outros, não respeita o povo, a sociedade... caráter, honra e dignidade não tem classe social. O povo honesto e trabalhador que melhorou de vida é o mesmo povo que sofria, mas trabalhava e vivia honestamente mesmo injustiçado. Os criminosos organizados de hoje não trabalham honestamente porque não querem. Querem ganhar dinheiro fácil, roubando dos que trabalham para sustentar a economia produtiva e o povo brasileiro, para engrandecer e fortalecer o Brasil. Bandidos não respeitam regras, não respeitam leis, não respeitam o povo, não respeitam a sociedade, não respeitam a polícia, não respeitam o governo, não respeitam o Estado de Direito. São egoístas que querem viver roubando aquilo que os outros conquistaram com trabalho. Viver as custas do trabalho de pessoas honestas e trabalhadoras. Que produzem e cumprem sua função social, seu papel na sociedade.

Outro dia li um e-mail que falava sobre as diferenças entre os países. Que a diferença entre a riqueza e o desenvolvimento entre países ricos e pobres não depende de recursos naturais, entre outros fatores... mas do respeito, da ética... em uma sociedade onde todos são honestos, trabalhadores e respeitam o próximo, a sociedade se desenvolve. Onde não há respeito, onde cada um tenta tirar vantagem do outro, onde não há ética, onde alguns roubam, vivem do suor do outro, do trabalho do outro, vampiros, sangue-sugas, a sociedade sofre. A origem da miséria é a falta de respeito. Imagine uma sociedade isolada de ladrões, onde ninguém trabalha, ninguém produz... todos querem viver de tirar vantagem e roubar... ninguém produz nada... portanto, ninguém tem nada para ser roubado.

Hoje, países árabes vivem do dinheiro do petróleo, enriqueceram com isso. Mas esses povos vivem no deserto a milhares de anos, e sempre viveram bem. Muitos desses povos árabes ergueram impérios e prosperaram no deserto. Enquanto isso, os povos de alguns países vivem na miséria, mesmo vivendo em verdadeiros paraísos tropicais, onde a natureza não deixa nada a desejar, onde não falta nada em termos de recursos naturais. A África abriga uma rica fauna animal e vegetal, muitas espécies animais que só existem ali. Ainda assim, apesar de toda a riqueza natural, o continente africano é miserável. Apenas países como a África do Sul e o Egito são mais desenvolvidos, graças a riquezas naturais e ancestrais. Diamantes geram fortunas e guerras na África, enquanto a história do Egito atrai turistas do mundo inteiro.

O Brasil sofre muito com a falta de ética, corrupção, falta de respeito... a começar do próprio Estado, em todas as esferas, em todos os poderes, desde o governo federal aos municipais. A corrupção no Brasil é sistêmica. E difícil de combater, em um Estado tão grande. Não gosto de coisas muito grandes... grandeza demais é um problema. Motos muito grandes são ruins para manobrar... máquinas muito complicadas tem manutenção muito cara... como dizia João Gurgel, peça que não existe não quebra.

Gosto das idéias liberais, de um Estado enxuto, pequeno, eficiente... simples, fácil de fiscalizar e controlar. Não sou contra as privatizações... sou contra o método tucano de privatizar... dizem as más línguas que a família do Mário Covas é dona das concessionárias de pedágios de São Paulo... privatizar é bom, mas privatizar com ética e respeito ao patrimônio público. Quando o governo é corrupto, quando políticos são ladrões, fica difícil combater o crime organizado por bandidos mais humildes, que não se disfarçam de pessoas dignas e honradas embaixo de terno e gravata. A moral do Estado depende de um governo formado por pessoas dignas e honradas, e isso está faltando no Brasil... talvez porque o povo tem o que merece. Se não por ser ativamente desonesto, mas por ser passivamente submisso.

Dizem que o problema da criminalidade atual é consequência da Constituição de 88, bondosa com os presos, em consequência de 20 anos de ditadura. As vezes fico pensando se a incompetência dos governos seguintes na área de Segurança Pública não faz parte de uma conspiração para convencer o povo a aceitar uma nova ditadura, acreditando que apenas a linha dura é capaz de manter a ordem e combater a criminalidade. O maior argumento dos defensores da Ditadura é justamente esse, que naquela época bandido pagava pelos crimes que cometiam, ao invés de fazerem festas com o dinheiro que roubaram dos outros... ameaçar a sociedade e o Estado de Direito como fazem hoje.

Temos um governo de esquerda hoje. Espero que esse governo de esquerda do PT seja competente e eficiente para manter a paz, a ordem e a tranquilidade da sociedade, o sossego do trabalhador, a segurança de poder trabalhar para conquistar alguma coisa na vida e usufruir com liberdade. Liberdade de poder usar um relógio, ter um carro, roupas boas, uma casa confortável. Liberdade para viver uma vida boa, digna, com o merecido conforto, fruto de trabalho e dedicação. Porque hoje, o trabalhador honesto não tem liberdade para viver, porque os bandidos tem liberdade para roubar. A obrigação social do Estado é garantir a estabilidade da sociedade. O Estado é um mal necessário para manter a ordem. Por isso o Anarquismo, por mais lindo que pareça, não funciona. O Estado é um mal necessário, mas para justificar sua existência deve cumprir sua obrigação.

Manter a lei e a ordem é obrigação e a própria razão da existência do Estado. Segurança Pública é a mais básica das obrigações do Estado, pois a necessidade de punir aqueles que faltam com respeito ao próximo é a maior diferença que separa o Estado de Direito da Anarquia. Em qualquer tribo existe um líder para manter a ordem, julgar e condenar aqueles que não respeitam a sociedade. Está faltando ordem no Brasil. São as únicas palavras que estão em nossa bandeira, Ordem e Progresso. Sem ordem não há progresso. Ou vamos deixar de trabalhar para fazer justiça com as próprias mãos, deixar de produzir para entrar em guerra civil e destruir nossas cidades, como acontece na África.

Educação é fundamental, mas respeito e educação caminham juntos. Falta educação de qualidade, como falta ordem e respeito no Brasil. Estamos livres dos tucanos, mas espero que o governo petista prove que a esquerda tem capacidade para manter um Estado de Direito, garantir a liberdade do cidadão honesto para trabalhar e viver com dignidade, com liberdade. Hoje no Brasil os bandidos tem mais liberdade do que os cidadãos honestos. Aqueles que não respeitam a sociedade estão vivendo muito bem as custas do trabalho das pessoas honestas, que produzem a riqueza desse país. Mas não podem usufruir com liberdade do fruto do seu trabalho, enquanto bandidos pés-de-chinelo, e também de colarinho branco, fazem a festa com nosso dinheiro.

Ordem e Progresso. Não é pedir demais. É a razão de ser do Estado.

segunda-feira, 25 de abril de 2011

voltando a mente masculina

tenho negligenciado o tema "mente masculina", que foi o que me motivou a começar a escrever com frequência... alguns anos atrás até queria fazer faculdade de Psicologia, depois considerei Filosofia mais adequado, mas um DDA maluco como eu, com dificuldade de manter o foco e ler, fazer faculdade seria uma missão impossível... porém ainda assim, posso escrever mesmo não tendo uma faculdade para embasar científicamente minhas idéias... posso plantar a semente para que cientistas interessados no assunto possam se inspirar a comprovar ou refutar cientificamente esses pensamentos... acho que no fim, é até melhor eu permanecer um pensador amador...

mas voltando a falar em mente masculina, o maior motivo da minha negligência é que eu não sei como abordar esse assunto... tenho muito receio, pois sei o quanto esse assunto é delicado... já tive depressão profunda e sei que relacionamentos são assunto muito sério... porém não adianta evitar o assunto, é uma questão difícil, mas essa é minha maior missão na Terra... poderia e me interesso por muita coisa, mas este é o maior motivo de minha vida, a missão para a qual me preparei desde antes de minha chegada, o assunto que mais me interessa desde minha infância... minha missão é exclarecer mal-entendidos entre homens e mulheres, auxiliando as mulheres a compreender a mente masculina... gerando uma cascata de efeitos positivos na humanidade.

Está faltando amor no mundo, porque a humanidade não aprendeu a lição: amar o próximo. Violência gera violência, e a violência é fruto da falta de amor, assim como a sombra e a escuridão é a falta da luz. Está faltando amor no mundo, está faltando amor nos corações das pessoas... é impossível amar todas as pessoas do mundo, mas não foi esta a lição que Jesus Cristo deixou. Ele não disse para amar a todos, mas para amar o próximo. Amar quem está ao seu lado, ou estar ao lado de quem você ama... sendo também amado pelo seu próximo... não é preciso amar a todos, basta amar e ser amado, ter amor no coração... quem tem amor no coração, quem ama o seu próximo, a pessoa que está ao seu lado, seu companheiro/a na vida, encontrou a chave da felicidade, possui o maior tesouro da vida...

Se as pessoas aprendessem a lição, se todos amassem o seu próximo, seria o bastante para resolver quase todos os problemas do mundo... com amor no coração não haveria violência, falta de respeito, guerras, miséria... se todos tivessem amor no coração, se amassem o próximo, a Terra seria um lugar melhor, a paz e a felicidade reinariam sobre a Terra. Mas falta amor no mundo, e a falta de amor ao próximo tem origem nos mal entendidos entre homens e mulheres, especialmente na incapacidade das mulheres de entenderem os homens. Incapacidade de entender o amor do homem. Por isso as mulheres rejeitam o amor, o verdadeiro amor. Amor real, não essa palavra banalizada e depreciada.

Enfim, há tanto a dizer, tantos assuntos, tantos detalhes... que nem sei por onde começar... poderia escrever, mas isso levaria muito tempo... e o tempo está passando rápido, muito rápido... o tempo está se esgotando e tenho muito trabalho a fazer... portanto vou retomar a idéia original, de gravar vídeos, falar é mais rápido e prático do que escrever... vou continuar escrevendo, mas os vídeos são um bom resumo da essência das idéias, um bom cartão de visitas, enfim... quem quiser, pode assistir os vídeos, ler os textos... gravei o vídeo a seguir já faz um tempinho, até criei uma 2ª conta no Youtube, para separar os vídeos desse tema, organizar melhor... pensei em fazer um 2º blog também, mas era demais pra minha cabeça... já tinha esse blog aqui, que raramente escrevia na época, e sendo um blog de assuntos aleatórios, resolvi postar tudo aqui mesmo... enfim... vou retomar a idéia de gravar vídeos, é mais fácil falar e publicar vídeos do que escrever e publicar textos, nem me fale da complicação de publicar livros... enfim...

pra voltar ao assunto Mente Masculina, aí vão os vídeos que já gravei sobre o assunto, no canal onde vou publicar os vídeos sobre o tema... que postarei aqui no blog...

SS Amor 01 - Apresentação

não se iluda...

Leôncio & Leonel - Sabugo de Milho

textos dissertativos no meu site:

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Problemas do PT - Campanha do Desarmamento

mais um problema desses 8 anos de governo petista, além de campanha gay, da usina de Belo Monte, a campanha pelo desarmamento, a defesa dos direitos humanos, que se limita a defesa dos bandidos... não vou escrever muito agora, porque escrevi sobre o desarmamento faz pouco tempo, e escrevi tanto que nem vou ler agora... mas pra quem quiser aí está, hoje vou resumir a idéia... aliás, vale dar uma olhada nesse post, recente, principalmente para ver como em tão pouco tempo crimes que chocaram o país foram logo esquecidos enquanto outros ainda piores aconteceram...

campanha do rearmamento
http://tocadocoelhovoador.blogspot.com/2011/02/campanha-do-rearmamento.html

mas não, em vez de debater o grande erro que foi a campanha do desarmamento, que não passou de uma campanha marketeira e inútil no combate a violência, fazendo muito barulho por nada, agora com a violência estarrecedora e crescente dos últimos tempos, qual a grande solução debatida pelos políticos? Sim, voltar com essa conversa de desarmamento... assim eles lavam as mãos, é mais fácil dizer que a venda legal de armas é culpada pela violência do que enfrentar o problema pra valer...

Nova consulta sobre desarmamento seria em outubro, diz Sarney
http://estadao.br.msn.com/ultimas-noticias/artigo.aspx?cp-documentid=28345429

essa campanha do desarmamento é uma grande palhaçada, uma perfeita amostra do grande circo que é a política brasileira... por isso apóio o Tiririca, ele é o único Deputado coerente do Brasil, o único que admite ser um palhaço, enquanto outros avacalham em tom sério, com bela oratória e vestindo ternos bem alinhados, mas que não passam de palhaços como o Tiririca, que ainda é mais sério do que muitos ali... considerando o custo x benefício do Poder Legislativo, minha esperança para resolver o problema do Legislativo no Brasil é o Osama Bin Laden, como diz aquela grande comunidade do Orkut, "Bin Laden, aqui tem + 2 torres"...

toda violência que vem acontecendo ultimamente é exatamente aquilo que os contrários ao desarmamento diziam desde que essa campanha estúpida começou: a campanha tirou 500 mil armas das mãos de pessoas honestas, que entregaram suas armas... mas e as armas dos bandidos, que eram o verdadeiro problema? Esses dias o tema tem sido abordado na mídia, e segundo estimativas, 8 milhões de armas continuam irregulares... ninguém tirou as armas dos bandidos, e o governo continua esperando os bandidos entregarem suas armas... azar dos otários que entregaram as suas...

Não adianta proibir a venda de armas. O crime do momento é o Massacre do Realengo, que não é motivo para ressuscitar a Campanha do Desarmamento, mas uma prova de que essa política de desarmamento foi um fracasso no combate a violência. Nesse caso específico, pra começar, pela lei atual, ele não poderia possuir aquelas armas. Portanto, criar leis e esperar que bandidos, psicopatas, terroristas e doentes mentais simplesmente obedeçam a lei é estupidez, é burrice. É preciso o Estado impor a lei, não basta proibir a venda de armas. O louco do Realengo desobedeceu a lei, assim como os bandidos.

Não adianta proibir o comércio de armas. O comércio de drogas é proibido, e daí? A cracolândia em São Paulo está lá como exemplo de como é fácil comprar drogas. A lei atual de controle sobre a venda de armas bastaria para impedir que aquele louco comprasse uma arma, se a lei fosse cumprida, mas não é. Criar leis não resolve nada, se não tiver polícia, para fazer cumprir a lei. E falta polícia, falta salário digno pra polícia, falta condições de trabalho para a polícia, falta combate a corrupção na polícia, no Judiciário, no Legislativo, no Executivo... fica difícil combater a corrupção quando está é tão disseminada...

Pela lei, o assassino não poderia ter arma nenhuma, mas comprar arma é tão fácil quanto comprar droga, basta ter o dinheiro. O revólver 32 foi roubado do dono que o comprou na loja a 18 anos atrás. O 38, bem provável que seja uma arma que um dia foi comprada pelo Estado do Rio de Janeiro, vendida ao assassino por um ex-policial militar, apontado como provável instrutor do assassino no manejo das armas. Ele não comprou a arma em uma loja.

No mundo ideal, nas fantasias de um bando de tontos, proibir a venda de armas no Brasil resolveria o problema. Mas no mundo real, as armas chegariam as mãos de quem quisesse comprar da mesma forma que as drogas, que são proibidas. E só pra refrescar a memória, antigamente, quando apreensão de armas pela polícia ainda era notícia, não era raro a polícia apreender armas fabricadas em fundo de quintal, portanto... não adianta proibir o comércio, nem fechar as fábricas, nem combater o tráfico... quem quiser uma arma, poderá fazer uma... ou comprar de quem faz... enfim, na mão de bandido nunca vai faltar arma, enquanto políticos marketeiros ficarem com essa conversa mole de criar lei... foras-da-lei não obedecem a lei, bando de idiotas. Idiotas, todos vocês que caem no Conto do Desarmamento.

A Campanha do Desarmamento aumentou muito a segurança. Aumentou a segurança do bandido, que pode roubar, matar e sequestrar tranquilamente, sabendo que suas vítimas estão desarmadas e indefesas. Sabendo que pode agir com violência contra sua vítima, porque não tem ninguém armado por perto para reagir, todos ficam com medo porque o bandido está sempre armado, e nunca está sozinho. Quem está sozinho é sempre a vítima, escolhida a dedo pelo bandido, que escolhe o momento de atacar, quando a vítima estiver distraída, quando a polícia não estiver por perto, e isso é muito fácil de perceber...

a Campanha do Desarmamento foi um sucesso, garante toda a segurança para o bandido, que sabe que ninguém irá incomodá-lo. No Brasil, o crime compensa. É fácil cometer crimes, é seguro para o bandido, e se por azar ele for preso, sabe que está protegido pelos Direitos Humanos, não tem nada com que se preocupar... vai cumprir apenas 1/6 da pena, se quiser, pois os presídios estão lotados, e para evitar problemas com a superlotação, o Estado solta os presos para passar os feriados em casa, na esperança de que eles não voltem...

essa é a lei brasileira, obedece quem quiser... e sempre tem os otários que obedecem... bonzinhos, esses otários... parabéns, vão ganhar um presentão do Papai Noel... mas esconde bem, não sai com seu presente na rua, pague um seguro, e de preferência fique preso dentro de casa, pedindo a Papai do Céu que te proteja, e proteja sua família... peça para Papai do Céu te proteger tão bem quanto a lei brasileira protege bandido, e você estará seguro...

terça-feira, 12 de abril de 2011

malditas novelas da Globo

a uns 10 anos atrás, escrevi um texto que nunca esqueci, e o reencontrei recentemente... um desabafo contra a viadagem das novelas da Globo na época... não me levem a mal, claro que nunca assisti nenhuma novela da Globo, mas claro que já vi algumas partes de vez em quando... e a 10 anos atrás a viadagem nas novelas da Globo e a ridicularização do homem era escandalosa... revoltante... encontrei esse texto, que na época parecia ótima, escrevi aos 17 anos... postei recentemente aqui no blog, com a data do dia em que escrevi...

Globo, viadagem e feminismo
http://tocadocoelhovoador.blogspot.com/2001/11/globo-viadagem-e-feminismo.html

hoje gostaria de tocar em um assunto que passa pela minha cabeça a muito tempo, em meio a todo debate sobre a violência na atualidade... e a influência das novelas da Globo nessa violência e tensão social. Muitos debatem a violência de jogos e filmes como influência a violência na vida real... portanto, como as novelas da Globo, cheias de romances, nhem-nhem-nhem, histórias de amor de novela, com toda bobagem inofensiva feitas para atrair pessoas que não consigo entender o que tem na cabeça... enfim... como as novelas da Globo poderiam estimular a violência e a criminalidade?

sempre me incomodou o estilo de vida dos personagens das novelas da Globo... com algumas exceções, existem personagens pobres, classe média, mas é inacreditável a quantidade de milionários nas novelas da Globo, que vivem uma vida de extremo luxo, madames e playboys que não trabalham, não fazem nada de útil, não tem função social a não ser aproveitar tudo que o dinheiro pode comprar... fico imaginando o que pensam os estrangeiros que assistem as novelas da Globo... devem pensar que no Brasil só tem milionário, que os americanos sonham com o paraíso que é o Brasil... as novelas da Globo mostram um Brasil que não existe... claro que existem milionários que vivem de renda, mas... não é a realidade do Brasil. Não sou a pessoa certa para falar de novelas da Globo, mas pelo pouco que já vi...

fico imaginando o que se passa pela cabeça de crianças pobres, muito pobres, que vivem em favelas e morros, assistindo as novelas da Globo... crianças pobres que não conhecem pessoas ricas, cuja única referência que tem sobre pessoas ricas são as novelas da Globo... então elas vêem aqueles carros bonitos nas ruas, como aqueles que os personagens das novelas dirigem... carros de luxo e tudo aquilo que elas vêem nas novelas, que cai do céu... aquelas pessoas fúteis, inúteis, que não trabalham... e associam todo aquele estereótipo dos milionários das novelas a todas as pessoas que tem aqueles carros caros...

então essas crianças vêem seus pais e mães se matando de trabalhar, saindo de casa muito cedo, porque levam 2 horas pra chegar de ônibus até o trabalho, pegando 2 ou 3 ônibus, trabalhando 8 horas por dia, pra depois mais uma viagem de ônibus de 2 horas, até chegar em casa 12 horas depois, completamente esgotados pelo trabalho e pelas horas que passam todos os dias dentro de ônibus lotados... e no final do mês, se matando de trabalhar todo dia, seus pais mal conseguem alimentar os filhos, que vivem na miséria, em barracos improvisados... mas essas crianças tem uma velha televisão em casa, onde vêem os milionários que não trabalham vivendo suas vidas de luxo e extremo conforto, indiferentes a dura realidade dos trabalhadores brasileiros... nas novelas da Globo...

então eu fico imaginando a revolta que essas crianças nutrem desde pequenas, e que só aumenta na adolescência... a raiva inconscientemente plantada em seus corações pelas mentiras das novelas da Globo, contra aquela classe de pessoas que nunca trabalhou na vida, mas tem todo luxo e conforto, enquanto os trabalhadores se matam para conseguir alimentar os filhos...

então essas crianças pensam, trabalho é para os trouxas, não preciso trabalhar para conseguir dinheiro, os ricos não trabalham e tem todo dinheiro... com esse pensamento, os ídolos jogadores de futebol que ficam ricos chutando bolas, essas crianças não querem saber de estudar, mas querem uma vida de luxo, com tudo que o dinheiro pode comprar, mas não querem saber de trabalhar... vão conseguir seu dinheiro roubando daqueles ricos vagabundos, que nunca trabalharam na vida, que nunca se esforçaram, que nunca fizeram nada para merecer os carros que tem, e todo dinheiro que tem...

dinheiro fácil, que cai do céu... como aqueles ricos das novelas da Globo, a injustiça social que essas crianças viram na televisão, e que alimentou seu ódio por aquelas pessoas que tem roupas e carros caros... raiva e ódio contra os ricos vagabundos... e que resultam nesse tipo de pensamento, demonstrado na letra desse funk...

claro que a questão da violência é muito complexa, que as novelas da Globo não são 100% culpadas pela violência e criminalidade atuais... mas que os efeitos dessa fantasia global exerce sobre as crianças que assistem aquele lixo devem ser consideradas e debatidas, certamente... porque as novelas da Globo deram sua contribuição para a realidade social que vivemos hoje, influenciando o pensamento das pessoas que assistem aquele lixo, e principalmente as crianças cujo raciocínio crítico é limitado... mas que molda sua visão de um mundo que elas não conhecem, portanto assumem como verdade aquilo que aprenderam na televisão... o mundo dos ricos, que não merecem, vagabundos que não trabalham... mas tem todo dinheiro e luxo, enquanto elas vivem na miséria, e não adianta se matar de trabalhar, que vão continuar na miséria... a não ser que ganhem dinheiro chutando bolas, roubando, sequestrando, vendendo drogas...

prestem atenção nessas letras e reflitam sobre essa influência das novelas da Globo...

Funk Sequestro

 
Comando Vermelho 157 Boladão

sábado, 9 de abril de 2011

a voz das vítimas da sociedade na música


agradeço ao anônimo que postou uns vídeos de Funk... não conheço Funk, apesar de ter um gosto musical bastante amplo, meu estilo favorito é Metal, mas Funk não conheço... mas ouvi algumas músicas de Funk, e recomendo que todos escutem essa música da periferia...

o Funk é a música das comunidades carentes, ignoradas pela sociedade... uma realidade totalmente diferente, um outro Brasil, um outro mundo... mas precisamos prestar atenção nessas comunidades, conhecer a realidade dessas pessoas... e ouvir Funk é uma boa maneira de ter uma pequena noção dessa realidade distante, que ficamos tão chocados quando encontramos alguém que vive nessa outra realidade, não entendemos o que se passa na cabeça dessas pessoas... não precisa gostar da música, mas precisamos prestar atenção nessa realidade... ouçam com atenção...

essa é a realidade dessas vítimas de uma sociedade injusta... a consequência da exclusão social, da negligência do Estado com essas comunidades marginalizadas pela sociedade, essas vítimas de uma sociedade, vítimas da exclusão... todo o resto é consequência... precisamos prestar mais atenção... conversa mole não resolve problema... é preciso deixar de ignorar os problemas do povo...

o Funk é música da realidade brasileira, realidade que a sociedade ignora... não é um estilo que música que eu goste, mas nunca as letras de uma música me fizeram pensar e refletir tanto sobre a vida, a sociedade, a realidade e os problemas sociais... precisamos refletir muito sobre as causas e consequências, a realidade das comunidades da periferia... essa é a realidade... é hora de justiça social...

Funk, Rap, Hip-Hop... a voz das vítimas da sociedade injusta, na música...

Comando Vermelho 157 Boladão

PCC-O Sequestro

Quadrilha em ação

sexta-feira, 8 de abril de 2011

matar para salvar vidas

massacre em escola no Realengo RJ
A chacina de hoje vai dar muito o que falar, debater, pensar, discutir... por muito tempo... a identidade, história de vida, mentalidade, comportamento, doença mental, motivação... enfim... que ao menos algumas lições se tire dessa tragédia, para evitar que se repita...

Mas uma lição já posso destacar desse fato, independente de tudo que irão descobrir revirando o passado desse doente... uma lição que não se tira da atitude do assassino, mas do policial que o impediu de matar mais adolescentes... ele matou mais de 10, mas tinha munição pra matar ainda mais, quando foi alvejado na perna por um policial. O policial poupou a vida do assassino, que se suicidou em seguida, para não enfrentar as consequências do seu crime.


assassino suicida
Em primeiro lugar, não foi preciso matá-lo... o policial atirou para incapacitá-lo, impedi-lo de cometer mais crimes. Mas se fosse preciso, deveria matá-lo... a ação do policial salvou vidas. Essa é a maior de todas as lições dessa tragédia. Se houvesse um policial dentro da escola quando tudo começou, interferindo alguns minutos antes, mais vidas teriam sido salvas. Se ele tivesse sido atingido por um raio na porta da escola, não teria matado ninguém. Se ele tivesse sido atropelado por um trem no dia anterior, todos esses adolescentes estariam vivos hoje. Quanto mais cedo ele morresse, mais vidas seriam poupadas.



Mas outro caso chocante era o destaque até semana passada, o das duas irmãs adolescentes, de 15 e 16 anos, assassinadas em Cunha / SP. Abordadas na volta da escola pra casa, na zona rural, as duas foram mortas a tiros e tiveram o pescoço cortado. O pai perdoa o assassino...

Pai perdoa assassino das filhas em Cunha - SP

assassino das irmãs, matou policial?
Mas o que esperar de um desgraçado capaz de matar duas meninas tão lindas? Que futuro tem esse desgraçado, o que ele fez até hoje durante sua vida, e o que vai fazer no futuro? Ele já esteve preso antes, tem a tatuagem de um palhaço, se não me engano significa que ele já matou um policial... o sujeito matou um policial, estava preso, foi solto do presídio para passar o feriado em casa, resolveu não voltar pro presídio, fugiu, e estava nas ruas desde 2009, apesar de ter sido preso e condenado, saiu do presídio tranquilo, pela porta da frente, pra passear e passar o feriado em casa... enquanto isso a família do policial que ele matou, quem se importa?

Em outros tempos, assassino de policial não vivia pra contar história, muito menos pra ostentar com orgulho uma tatuagem, como um troféu, por ter matado um policial... em outros tempos, esse desgraçado teria sido morto... mas hoje, saindo pela porta da frente, liberado, pra passar feriado em casa, voltar se quiser... mas ele preferiu continuar livre... mais alguns meses de liberdade, para matar essas duas meninas...

irmãs Juliana (15) e Josely (16), assassinadas em Cunha / SP

o desgraçado já havia matado um policial, mas graças aos Direitos Humanos, hoje em dia a vida de um bandido vale muito mais do que a vida de um policial, afinal morrer faz parte do trabalho que o policial escolheu, carreiras são carreiras, ele aceitou o risco... já o bandido, coitadinho, o bandido é a verdadeira vítima... vítima da sociedade injusta, vítima desse mundo cruel, que não lhe deu opções, coitadinho passou necessidade, não nasceu em berço de ouro... imagina, coitado, trabalhar pra ganhar salário? Ele não tinha opção, foi forçado a entrar para o mundo do crime... matou um policial, mas teve sua vida poupada...

se tivesse sido morto, essas duas meninas estariam vivendo suas vidas hoje... a vida do bandido foi poupada, mas ele não poupou as vidas das duas meninas, nem do policial, e quem sabe quantas vidas ele já tirou... o bandido teve sua vida protegida, para poder continuar matando, tirando vidas de inocentes, e destruindo a vida daqueles que ficaram...

o pai perdoa... ele vai pagar pelo seu crime, se for pego pela polícia, julgado e condenado... mas... ele já está condenado! Ele é foragido da Justiça! Fugiu da prisão? Não... foi liberado pra passar feriado em casa... ah... e agora? Se ele for preso, vai voltar pra prisão de onde nunca deveria ter saído... ou vai voltar pras ruas no próximo feriado? Quantas vidas ele ainda vai tirar, quantas pessoas ele ainda vai matar? A vida dele vale mais do que quantas vidas? Vale mais do que as vidas do policial, das duas irmãs, de outras pessoas que ele já pode ter matado, e de outras que ainda poderá matar, se depender da nossa Justiça?

assassino menor de idade e o casal de jovens brutalmente assassinados em 2003
Caso Liana Friedenbach e Felipe Caffé: ele 19, ela 16, brutalmente assassinados em 2003... antes de ser morta, a menina foi mantida em cativeiro e estuprada durante alguns dias...

no começo dessa semana, muita gente ficou chocada, a imprensa fez um escândalo, quando uma mulher denunciou pelo 190, emergência da Polícia Militar, que acabara de testemunhar uma execução dentro de um cemitério em São Paulo, cometida por dois PMs... ambos foram presos e ela está no Programa de Proteção a Testemunha. Eu só sei que se algum dia virar notícia de que essa mulher foi assassinada, eu vou dar muita risada.


Mulher presencia assassinato por PM em cemitério de Ferraz de Vasconcelos

Corajosa o caralho... ela deveria agradecer os policiais por arriscar a vida deles para proteger a dela... mataram um bandido... será que esse bandido já matou alguém, ou seria apenas uma questão de tempo até ele matar? Quantas pessoas esse bandido mataria durante sua "carreira"? Se fosse possível fazer essa conta, quantas vidas inocentes são salvas com a morte de um bandido? Esse do cemitério não vai matar mais ninguém...

Mas não sou a favor de sair por ai matando bandido... só acho melhor um bandido morto, do que famílias de pessoas inocentes sofrendo pelo resto da vida. Sou contra Polícia matar bandido, por um motivo simples... o que acontece com o espírito do desgraçado? Vai vagar por aí, uma alma penada? Quem sabe? Se o desgraçado fez tanto estrago em vida, quem sabe o que sua alma pode fazer?

Na dúvida, prefiro deixar nas mãos de Deus, que decida quando o desgraçado deve morrer... e que sua alma continue quietinha em seu corpo, de preferência sofrendo as consequências de seus atos, para aprender... e de preferência, que ele seja impedido de cometer crimes, impedido de matar inocentes... não é preciso matar um bandido para incapacitá-lo de machucar mais alguém. Existem muitas maneiras de proteger os inocentes, sem tirar a vida dos desgraçados.

Mas nem mesmo bandidos tem piedade de certos desgraçados. Tem coisa que nem bandido perdoa. Tem crime que nem bandido tolera, e eles mesmos matam os desgraçados. Afinal, bandido também tem família, e não aceita correr o risco de que seus filhos sejam a próxima vítima de um desgraçado como esse... quem tem capacidade de matar duas meninas lindas como as irmãs de Cunha, não dá valor a vida nenhuma... antes alguém tivesse cortado suas mãos, para que ele não pudesse dar tiros, nem cortar o pescoço das meninas...

A muito tempo atrás, me fez pensar muito a frase de um carrasco, responsável por tirar vidas, perguntado como ele conseguia viver com aquilo em sua consciência... faz tempo, não tenho certeza das palavras exatas, mas a idéia era essa: "Quando executo, não penso na vida que estou tirando, mas penso nas vidas que estou salvando".

bom pensamento em um momento desses... quero ver um defensor dos Direitos Humanos defender o assassino que matar seu filho... o pai das meninas perdoa... mas eu espero que desgraçados desse tipo não encontrem tanta piedade por aí... antes da próxima vítima... podem viver, sofrendo pelo que fizeram, mas sem fazer mais mal a ninguém... amém...

escola da chacina no Realengo, RJ

Quem defende bandido é cúmplice da violência. No Brasil, só bandido tem Direitos Humanos... esses defensores dos "direitos humanos" só defendem bandido, não ligam pra polícia, nem pras vítimas, nem para os familiares das vítimas...
quem protege bandido, condena inocentes.

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Problemas do PT - Campanha Gay

Kit Gay nas escolas públicas em 2011 Discurso de Jair Bolsonaro 30 Nov 2010

faz muito tempo que o homossexualismo é tolerado. Parada Gay, mídia, propaganda... ao mesmo tempo em que o homossexualismo é promovido, o comportamento masculino vem sendo moralmente condenado a muito tempo. Faz tempo que a mídia promove o homossexualismo como a coisa mais linda do mundo, ao mesmo tempo que condena o comportamento másculo, as idéias, filosofia, pensamentos e comportamento dos homens são perseguidos. O feminismo tornou-se lei.

Os homens aguentaram durante muito tempo, mas paciência tem limite. E infelizmente o PT sempre apoiou o homossexualismo. Sinceramente, não sou contra, quem sou eu pra condenar. Cada um faz o que quiser em sua intimidade, com seu corpo. Não é problema meu. Não vou sair matando gays apenas porque sou contra o homossexualismo. Pelo contrário, convivo e conheço gays que são ótimas pessoas. Cada um que cuide da sua vida, sou contra, mas paciência...

Porém a campanha homossexual está extrapolando limites. Eles já são tolerados e respeitados, porém está faltando respeito aos heterossexuais, especialmente aos homens. Falta de respeito e provocação gera reação, e é isso que está acontecendo. A Campanha Gay está passando dos limites, estão provocando demais. Se quiserem ser respeitados, está na hora de começar a respeitar os limites.

Os homens vem sendo condenados e perseguidos a muito tempo, moralmente criticados por comportamentos masculinos, oprimidos por uma sociedade feminista. Ser homem é praticamente um crime, e não bastasse isso, agora querem nos obrigar a aceitar essa afronta? Chegou a hora dos homens reagirem, em defesa da honra, honrar nossas bolas. Basta de feminismo, e basta de viadagem. Os homens não são respeitados, portanto não tem obrigação de respeitar.

Sou simpatizante do PT a muitos anos, mais de 10 anos... mas nunca me senti a vontade para me filiar ao PT, principalmente pela militância homossexual petista. Agora, passar da simpatia partidária para Campanha Gay de Estado... vejam o vídeo a seguir... eu sou brasileiro, e não aceito que o Governo Federal ensine viadagem para crianças. Isso é provocação.

Se esse "Kit Gay" for distribuído para as crianças, sugiro que os pais o recolham e organizem protestos em todas as cidades, para queimar todos os "Kit Gay" em uma bela fogueira. Tolerância sim, ensinar viadagem para crianças não.

E que seja queimado o PLC 122. Já existem leis suficientes contra a violência no Brasil, e os gays não são vítimas exclusivas da violência. Basta cumprir as leis que já existem. Essa lei não visa proteger os gays, mas sim condenar os homens.

Querem combater o crack, as drogas? Está na hora de começar a defender a família, a moral, os valores masculinos... os ideais feministas venceram, a família foi destruída e as drogas se tornaram a fuga para jovens que cresceram em uma sociedade feminista, que afemina os homens e masculiniza as mulheres.

O Feminismo é uma afronta a natureza humana. Os jovens de hoje tem sua saúde mental abalada, vivendo em uma sociedade insana, com valores deturpados. As feministas culpavam o "machismo" por todos os problemas. Mas a medida que o "machismo" é reprimido, quanto mais feminista se torna a sociedade, mais aumentam os problemas. Feministas são loucas. Mulheres são naturalmente desequilibradas. Uma sociedade feminista é uma sociedade desequilibrada. Olhe em volta, observe os problemas sociais, as loucuras que vem acontecendo... como a chacina de hoje na escola do Rio... e não venha me dizer que a sociedade feminista de hoje é melhor que a sociedade "machista" de 50 anos atrás...

a estabilidade da sociedade depende da estabilidade masculina... da defesa dos valores masculinos... em detrimento dos homens, a sociedade feminista é tão desequilibrada quanto as mulheres... os problemas sociais que vivemos hoje tem sua raíz na Revolução Feminista. Basta de feminismo, basta de viadagem. Está na hora dos homens colocarem ordem no galinheiro.

TV Câmara - Jair bolsonaro e Defensor da GLBTT

Debate Pr Silas Malafaia no Ratinho +QUALIDADE (Parte 1 de 2): Homossexualismo
Debate Pr Silas Malafaia no Ratinho +QUALIDADE (Parte 2 de 2): Homossexualismo
Como funciona o feminismo

Problemas do PT - Usina de Belo Monte

passada a ameaça das eleições... as polêmicas envolvendo o Jair Bolsonaro trouxeram a tona um debate... um bom momento para algumas críticas ao PT e o governo Lula. Não sou Lula desde criancinha, mas assim como todo povo brasileiro, arriscamos no Lula após o desastroso governo do Doutor FHC. Aposta de sucesso, Lula se tornou o melhor presidente da história do Brasil, fez o melhor governo, mas ninguém é perfeito. Passada a ameaça de cairmos em desgraça com José Serra, acho que já está na hora de começar a criticar os problemas do governo do PT. O pior já passou, mas agora vamos aos poréns...


alguns anos atrás uma reportagem da Bandeirantes denunciou a silenciosa conquista de território amazônico, através da aproximação com os índios... vale assistir o vídeo a seguir...

quanto a usina hidrelétrica de Belo Monte, não estou bem informado a respeito, mas pra começar, a floresta amazônica não tem necessidade energética que motive a construção da segunda maior usina hidrelétrica do Brasil... acho que nada justifica o estrago ambiental causado por qualquer hidrelétrica na Amazônia. Essa floresta vale muito, e seu valor ambiental para o planeta Terra é muito maior do que a necessidade de energia elétrica. Alternativas não faltam, e já passou da hora de investir em fontes alternativas de energia no Brasil...

o PT deixa muito a desejar na proteção da Amazônia, pelo contrário, com o projeto de Belo Monte, tocado a força e ignorando protestos, o governo federal se torna algoz da floresta.

Profecia do sertanista Orlando Villas Boas.

quarta-feira, 6 de abril de 2011

RIP Scott Columbus from Manowar


perdemos mais um grande guerreiro, Scott Columbus, o grande baterista do Manowar. Uma grande perda, esse cara era a alma da bateria do Manowar... o terceiro membro com mais tempo na banda... mais um que se foi pra Valhalla... mais um americano... mês que vem completa 1 ano da morte do Dio, e foi quando percebi essa estranha coincidência... quase todos os grandes músicos de Metal que morreram são americanos, a grande maioria... por enquanto nenhum detalhe sobre seu falecimento... vamos apreciar sua obra em sua homenagem... boa viagem, brother of Metal, que tenha uma boa viagem em sua Harley-Davidson rumo a Valhalla...



Manowar: morre o baterista Scott Columbus
http://whiplash.net/materias/news_852/127805-manowar.html

a morte prefere os americanos

Manowar - Gates of Valhalla - Live '98 Monsters of Rock - São Paulo

terça-feira, 5 de abril de 2011

racismo e preconceito, falta de respeito

Haiti: país de população negra, já vivia situação de calamidade, ocupado por forças de paz da ONU desde 2004, quando em janeiro de 2010 foi devastado por um terremoto que matou mais de 200 mil pessoas e deixou mais de 1 milhão de desabrigados. Mais de 1 ano depois, o povo haitiano ainda espera ajuda, e a situação é cada vez pior enquanto doenças como a cólera se espalham. Racismo, preconceito? Não fosse uma população negra, ainda estaria esperando ajuda 1 ano depois?

população negra do Haiti, abandonada, aguarda ajuda humanitária

falar sobre racismo é um tabu, principalmente porque pessoas burras, analfabetos funcionais que não entendem o que lêem, entendem o que querem entender... por isso é complicado falar de temas polêmicos... falando sobre mulheres aqui, e mesmo conversando, é incrível como tem gente que não entende o que lê, nem o que ouve, e ainda acha ruim... isso acontece sobre qualquer assunto, porém assuntos polêmicos, tabus, o problema fica mais evidente...

pra começar vou deixar bem claro que não sou racista... se algum tonto achar isso, leia e releia o que eu escrever até entender... meu avô tem pele mais escura do que o Barack Obama ou o Lewis Hamilton, apesar de não ser negro, ser descendente de índios... e ele não gosta quando alguém fica com frescura sobre cor da pele perto dele... negro é negro, essa história de afro-descendente é uma babaquice politicamente correta.

Qual o problema de se falar negro? Afinal, "brancos" não são brancos. O Michael Jackson quando morreu tinha pele muito mais branca do que a minha, e eu não fico ofendido se alguém disser que eu sou branco, apesar de minha pele estar longe da cor branca... por que algum negro ficaria ofendido de ser chamado de negro? Qual o problema de ser negro? Por acaso "negro" é alguma ofensa? Algum insulto? Não tem nada de errado em ser negro, ou tem? Como diz o Lula, sobre o Brasil, aqui vale o mesmo pensamento: quem quiser ser respeitado, tem que primeiro se respeitar. Ser negro não é defeito, portanto negro não tem que ter vergonha de ser negro... tem que ter orgulho de ser negro, tem que honrar a cor da pele que tem, honrar o cabelo que tem, honrar sua história, suas raízes... ou por acaso tem algum problema ser negro? Negro é negro, como branco é branco, índio é índio, o resto é conversa mole.

Aliás, falando em honrar, ter orgulho e se respeitar, algo que muita gente observa é que muitas vezes os próprios negros não se respeitam. Muitos ganham dinheiro, e logo arrumam uma mulher branca, muitos homens negros desprezam as mulheres negras. Adoram loiras, quanto mais branca melhor. A Bahia é o Estado mais negro do Brasil, terra do Axé... música de negros, porém quantos grupos de Axé famosos tem dançarinas negras? A dançarina de Axé mais famosa foi a Carla Peres, a loira do tchan, substituída por outra loira... loiras, morenas, mas sempre brancas... porque não uma negra? Por que esses músicos e cantores negros não valorizam as mulheres negras? Por que os próprios negros não se valorizam? Este é apenas um exemplo...

Tapar o sol com a peneira não resolve o problema do racismo... ficar com conversinha mole, inventando datas comemorativas e feriados, isso não vai resolver o problema do preconceito. Pelo contrário, esse país já tem feriados demais... estrangeiros ficam espantados com a quantidade de feriados que param o país e prejudicam a economia... é um exagero de feriados... criar mais feriados não resolve nada, apenas cria mais problemas... tem feriado demais, mas em vez de cortar feriados, estão criando mais feriados inúteis... não é com feriado e "Dia da Consciência Negra" que vai acabar o racismo... pelo contrário, tudo que essas "políticas de inclusão racial" tem conseguido é aumentar ainda mais o racismo...

Aliás, essas políticas em si são extremamente racistas... por exemplo a política de cotas para negros... se eu fosse negro, eu ficaria extremamente ofendido com essas cotas para negros... aliás, tem muitos negros inteligentes que são contra as cotas... afinal de contas, qual a mensagem que passa essa política de cotas? A mensagem de que negros não tem capacidade de competir com brancos, de que os brancos são mais inteligentes, e de que por isso os negros precisam de uma cota obrigatória para garantir o seu espaço... Muitos críticos das cotas dizem que o justo seriam cotas sociais, econômicas, para ajudar os mais pobres, alunos de escolas públicas, e não para ajudar os negros.

Por que cotas raciais, e não sociais? Os defensores das cotas são extremamente racistas, pois consideram que em condições iguais, os negros não conseguem superar os brancos. Existem negros ricos, existem negros inteligentes. Eles não precisam de cotas, ou por acaso os negros não tem capacidade de competir com os brancos? Ao invés de combater o preconceito, essas cotas estão condenando os negros inteligentes e bem sucedidos a sofrer com o preconceito pelo resto de suas vidas: todos os negros, mesmo aqueles que venceram e conquistaram suas vitórias através do mérito, sem precisar de cotas, serão vistos como cotistas... em vez de ter seu mérito reconhecido, sofrerão com o preconceito de todos que os vêem como incompetentes beneficiados pelas cotas...

os negros pagarão caro, sofrerão ainda mais preconceito, por causa das cotas... cotas que eles não precisam... essas cotas são extremamente racistas e preconceituosas... quem acha que negro precisa de cota, está dizendo que os brancos são mais inteligentes e que os negros não tem chance, e por isso precisam de cotas... negros não precisam de cotas, pois são tão inteligentes quanto os brancos.


O. de C. - Escravidão, etnias, miscigenação, cotas raciais, racismo - TO 02/12/09

Ficar com ladainha politicamente correta também não resolve nada... hipocrisia não ajuda, só atrapalha... verdades sejam ditas, afinal de contas, o primeiro passo para resolver qualquer problema, é entender o problema... ficar fantasiando, inventando, idealizando, mentindo, não resolve... é preciso analisar e entender a verdade, e a verdadeira verdade... meias verdades são mentiras. Por exemplo, números e estatísticas são meias verdades... estatísticas precisam ser analisadas...

Números comumente usados para exemplificar o racismo no Brasil são as estatísticas de assassinatos... recentemente vi uma pesquisa que mostra uma diferença enorme entre negros e brancos assassinados... os negros são grande maioria entre as vítimas de assassinatos. Pode ser entendido como racismo... mas, quem são os assassinos? Por acaso são brancos que matam negros? Por acaso essa pesquisa sobre a cor da pele das vítimas, também pesquisou a cor da pele dos assassinos? Os negros são maioria entre as vítimas, mas quem é maioria entre criminosos, bandidos, ladrões e assassinos, brancos ou negros?

Recentemente foi feita uma pesquisa nos Estados Unidos, onde a população negra é relativamente pequena comparada ao Brasil... lá, os negros são minoria entre a população... ainda assim, a esmagadora maioria dos bandidos, criminosos, ladrões e assassinos são negros. Não precisa de pesquisa pra saber disso. Tapar o sol com a peneira não vai resolver, então vamos encarar a realidade, entender o problema, e buscar a solução. Ficar com mentiras, meias verdades e blá blá blá politicamente correto não vai resolver o problema.Por que negros são abordados com mais frequência pela polícia do que brancos? Por que a maioria dos ladrões são negros. Isso não é preconceito, é a verdade. Se a verdade incomoda, então vamos encarar a realidade, ficar com conversinha fiada não resolve.

África, continente devastado por guerras, fome, miséria e doenças

Verdade seja dita, os negros são as maiores vítimas de violência porque a violência é muito maior entre os negros. Os negros são muito mais massacrados na África do que no Brasil ou nos Estados Unidos. Reclamam tanto do racismo no Brasil e nos Estados Unidos, mas os negros que vivem na América vivem uma vida de dar inveja aos negros que vivem na África, onde eles são a maioria. A África é de longe o continente mais violento e atrasado, convive com guerras civis e extermínios em massa. A violência na África não tem limites, e lá não dá pra culpar os brancos pelos problemas.

Aliás, outra verdade sobre a África: a grande maioria dos negros africanos que foram trazidos para a América como escravos, foram vendidos como escravos por tribos rivais, vendidos por outros negros africanos. E essa foi sua salvação. Não fossem vendidos como escravos, teriam sido mortos. Mas os africanos perceberam que era mais vantajoso vender os seus inimigos como escravos para os europeus do que simplesmente matá-los. Hoje os negros descendentes desses escravos vivem muito melhor na América do que os negros que vivem na África. Os negros vivem em um paraíso, comparado a África. Com o fim da escravidão, os negros africanos voltaram a se matar, como fazem até hoje. A África convive com a vioência, carnificina, miséria, fome e doenças. O único continente onde os negros são maioria. Os brancos são culpados? Os negros africanos são vítimas de preconceito? Vítimas de racismo? Não. Os negros africanos são vítimas de negros.

filme com Leonardo di Caprio sobre as guerras civis na África do Sul, causadas pela disputa pelas minas de diamante

Mandela, escravidão e dia da Consciência Negra (prof. Olavo de Carvalho)

povo africano morre de fome em meio as guerras

Aqui no Brasil é evidente a relação entre negros e violência: quanto maior a proporção de negros na população, maior a violência. A Bahia é um dos poucos estados brasileiros onde os negros são maioria, e é um dos estados mais violentos do Brasil. No Rio de Janeiro também, onde metade da população é negra, a violência é muito maior nas regiões que concentram a população negra. São Paulo também convive com muita violência, proporcional a quantidade de negros. Do outro lado, os estados mais tranquilos, onde a violência é menor, são justamente os estados onde a população negra é proporcionalmente a menor, na Região Sul do Brasil. Essa é a verdade politicamente incorreta. Qual é a verdade politicamente correta?

Não adianta querer combater o pré-conceito escondendo a verdade com acusações de racismo. É preciso encarar a verdade, entender a realidade. Eu tenho amigos negros, conheço negros inteligentes e que são boas pessoas, gente honesta e pacífica. É preciso entender o problema, a causa de tantos negros violentos e criminosos, afinal exista uma causa, provavelmente social, pois não é da natureza deles... mas não é enfeitando a realidade, mentindo, disfarçando e acobertando que vamos resolver isso.

Um ótimo exemplo de que resolver o preconceito com política não funciona foi a Copa do Mundo de 2010, na África do Sul. No Brasil, o futebol é o meio onde os negros são mais bem sucedidos. Mas na Europa, sofreram preconceito, o que levou a FIFA a escolher a África do Sul como sede da Copa apenas por questões políticas, com o objetivo de combater o preconceito, realizar a primeira Copa do Mundo no continente africano, apesar de a África do Sul não ter sido a melhor escolha do ponto de vista técnico, operacional, funcional, prático. A FIFA fez o que pode, levou um grande evento esportivo para a África. Levou investimentos em infra-estrutura, turismo, um dos maiores eventos do mundo, esportivo e econômico.

Os negros tinham a faca e o queijo na mão, para responder ao preconceito promovendo um grande espetáculo, com toda sua alegria, na Copa da África. Os jogadores do mundo todo pregaram mensagens contra o racismo em todos os jogos... toda a Copa foi voltada ao combate contra o racismo. Mas e os negros, o que fizeram para combater o preconceito? Deram um espetáculo de violência, selvageria, falta de respeito.

Os jogadores negros dos times africanos, na luta contra o racismo, alimentaram os racistas com argumentos e exemplos de péssimo comportamento dos negros, comportamento deplorável e vergonhoso. Na falta de habilidade com a bola, os jogadores negros apelavam para uma violência sem pudores. Todo esforço de uma Copa do Mundo voltada ao combate ao racismo, todo esforço foi em vão, pois os próprios negros acabaram com suas chances de vencer o racismo, não fazendo por merecer o respeito, demonstrando total falta de respeito por seus colegas de profissão.

Copa do Mundo contra Racismo e Preconceito
http://tocadocoelhovoador.blogspot.com/2010/07/copa-do-mundo-contra-racismo-e.html

Brasil 3x1 Costa do Marfim lances violentos, Elano sai de campo machucado...

Pré-conceito, pelo significado da palavra, é um conceito pré-concebido. Portanto, para acabar com o pré-conceito, basta os negros provarem que são pessoas melhores do que os racistas imaginam. Mostrar bondade, inteligência, sabedoria, boa vontade, dignidade, se dar ao respeito. Respeito é uma via de mão dupla. Respeito não se exige, se conquista. Quem não sabe respeitar também não é respeitado. Não adianta exigir respeito e não respeitar. Para se dar ao respeito, é preciso respeitar o próximo. Ética, moral, respeito, são valores muito acima da lei. Um professor que tive dizia que a lei é o mínimo da ética, o mínimo que todo cidadão deve cumprir para viver em sociedade, para garantir a paz entre pessoas diferentes. Respeitar a lei é o mínimo que se exige. Pessoas que não respeitam as leis de uma sociedade, não respeitam a própria sociedade.

Claro que existem muitos negros inteligentes, trabalhadores, responsáveis, dignos, respeitáveis, responsáveis. Porém a grande maioria dos criminosos é negro. Fica difícil exigir respeito para os negros, quando uma grande parcela dos negros não respeita o próximo, não respeita a sociedade, não respeita a lei. Roubam, furtam, agem com violência, vandalismo, falta de respeito, indecência... possuem comportamento que não merece respeito. Se os negros são vistos com desconfiança, são alvos de suspeita da polícia, é porque a grande maioria dos transgressores da lei são negros. Fica difícil combater o preconceito quando os próprios negros ajudam a solidificar um conceito tão ruim.

Futbolista Luis Moreno patea a una lechuza indefensa

E não adianta ficar com conversinha mole, discurso politicamente correto, criar datas comemorativas e feriados, tapar o sol com a peneira, contar meias verdades através de estatísticas... não adianta esconder a verdade. O primeiro passo para curar uma doença é fazer o diagnóstico correto. Esconder a verdade não resolve. Racismo é uma doença, preconceito é uma doença, e para curar essa doença é preciso encarar a realidade, por pior que ela seja, não adianta ficar com perfumaria. O diagnóstico para a cura do racismo deve ser preciso e correto, e acima de tudo, não adianta querer combater o racismo, enquanto os negros não fizerem a sua parte, fazendo por merecer, aprendendo a respeitar na mesma medida em que desejam ser respeitados.

Um bom exemplo é o de um negro que conquistou a amizade de líderes da Ku Klux Klan nos Estados Unidos. Ele se aproximou, conquistou o respeito, admiração e amizade de muitos membros da KKK. Com respeito, não com violência, ele possui uma coleção de itens da KKK, doados por ex-membros que deixaram a KKK graças a ele, um negro que fez muitos racistas mudarem de idéia. Política não faz milagre... os maiores responsáveis pelo racismo são os próprios negros... que com suas atitudes alimentam o preconceito. Ghandi mostrou o poder da paz, e para vencer o preconceito, esses negros devem provar que são melhores do que o conceito atribuído a eles... mas infelizmente muitos negros não ajudam, e com isso muitos negros que são boas pessoas, acabam pagando... os bons pagam pelos maus... verdade seja dita, não adianta negar a existência dos maus... é preciso ajudá-los a evoluir, tornarem-se pessoas melhores...

Olavo de Carvalho sobre a Macumbaria.

Raça baiana??? E lá na Paraíba? (prof. Olavo de Carvalho)


Dearák Obama (prof. Olavo de Carvalho)


Olavo de Carvalho - Sobre Obama
http://www.youtube.com/watch?v=1VWpzkZibEU

Olavo de Carvalho - Escravos Europeus 1
Olavo de Carvalho - Escravos Europeus 2

Olavo de Carvalho - Escravos Europeus 3
 Olavo de Carvalho - Escravos Europeus 4



Com Dr. Hélio contra o racismo

domingo, 3 de abril de 2011

Ozzy Osbourne, o maior


caralho, que show... e como a chuva ajudou a melhorar ainda mais... que ótimo show debaixo de chuva... vou pedir ao Deus Metal pra mandar chuva em todos os shows ao ar livre daqui pra frente... aliás tá demorando pra arrumar uma fazenda pra organizar shows e festivais de Metal aqui no Brasil, uma fazenda entre Campinas e São Paulo, ou talvez no sudeste de Minas... nesse triângulo... ou no Paraná também, entre São Paulo e Curitiba, enfim... uma fazenda para um grande festival brasileiro no período de chuvas, o maior festival de Metal da história do Brasil, algo do nível do que foi o Rock in Rio 1, Monsters of Rock, Live 'n' Louder...

o Ozzy é incrível... o maior frontman da história do Metal, o maior showman do Metal... pode não ser o melhor vocalista tecnicamente, mas o cara sabe fazer um show... vendo ele jogar água no pessoal lá na frente com aquela mangueira e baldes, no meio daquela chuva, percebi como o cara sabe melhorar o show... um banho de água gelada torna o show ainda melhor, e imagino que diferença deve fazer um balde de água daqueles num show sem chuva... o cara sabe o que faz... fico pensando também quantas câmeras devem ter tomado um banho de água dele enquanto não estava chovendo... um estímulo para guardar as câmeras e curtir o show, sem a preocupação estraga-prazer de filmar ou tirar fotos... cansei de lamentar ter perdido de curtir show pra ficar tirando fotos que ficam uma merda, e mesmo a meia dúzia de fotos melhorzinhas não valem a pena deixar de curtir o show... aquela chuva manteve a câmera no bolso por muito mais tempo...

mas como a chuva melhora o show... no Iron Maiden no Palestra em 2008 choveu um pouco antes do show e melhorou muito, aumentou a empolgação, foi demais... mas acho que não choveu durante o show, se sim, apenas uma goteira rápida, não lembro... em Interlagos a chuva também melhorou o show, transformou Interlagos num lamaçal, um clima de Woodstock... mas também não choveu durante o show... acho que essa foi a primeira vez que tomei chuva de verdade no meio de um grande show de Metal ao ar livre, e como é ótimo, devia chover em todo show... a gente podia até roubar a idéia do Bernie Ecclestone de jogar água na pista pra melhorar as corridas... podíamos arrumar uns caminhões de bombeiro antigos pra jogar água na multidão durante os shows na fazenda... imagina que legal assistir um show de Metal em cima de um caminhão de bombeiro, e ficar jogando água no povo lá de cima? >:D \m/


nossa, que legal ver o Ozzy... durante esse show fiquei pensando, quantos milhões de headbangers ao redor do mundo já viram esse cara durante esses mais de 40 anos de carreira? Fiquei lá pensando, nossa, agora sou mais um entre todos os headbangers que já viram Ozzy ao vivo... vi Iron Maiden semana passada, já vi Iron Maiden 4 vezes, mas ver o Ozzy é muito especial... fiquei lá imaginando o Bruce Dickinson adolescente batendo cabeça num show do Black Sabbath, onde tudo isso começou... imaginando Steve Harris, Janick Gers, Adrian Smith, Nicko McBrain, Dave Murray, todos eles ainda garotos pirando em um show do Black Sabbath, vendo o jovem Ozzy ali na frente... imagina isso... esses caras vendo Black Sabbath nos anos 70, lá na ilha onde tudo começou... a terra natal deles e do Metal...

já me chamaram de muita coisa na vida, apelido nenhum nunca pegou, nem Coelho Voador, apesar de eu usar esse nick a mais de 10 anos... mas um nome que meus melhores amigos me chamavam na época do colégio era Coelhozzy, por eu ser quase tão louco quanto o Ozzy... mas eu não mereço isso, quem sou eu, um pobre mortal, pra ser comparado ao grande Mestre Ozzy, um dos escolhidos pelo Deus Metal para trazer o Metal a Terra... é demais, ninguém merece essa honra... temos grandes homens, grandes frontmen na    história do Metal, e alguns deles superam o Ozzy em alguns aspectos como Dio e Bruce, Halford, mas Ozzy é o mais louco, o mais empolgado, o maior showman de todos... incomparável...

os últimos discos dele são uma mancha em sua carreira solo, que teve muito marketing, muita babaquice, MTV... mas não culpo o Ozzy, afinal um homem apaixonado é uma marionete nas mãos de uma mulher, e aquela mulherzinha dele é que estragou esses últimos discos com tantos efeitos, eletrônica... ela deve ter demitido o Zakk... causou aquela briga estúpida com o Bruce... deve ter inventado essa idéia de "The Osbournes", querendo aparecer... imaginem o quanto essa mulher dele influenciou a carreira solo do Ozzy, e atrapalhou a reunião dele com o Black Sabbath... grandes músicos é que sabem como um maldito empresário pode foder uma banda, agora imaginem quando além de empresário, que você pode até chutar a bunda quando acabar a paciência... mas no caso do Ozzy, além de ser uma mulher, essa empresária é a mulher dele... então imaginem o que o Ozzy tem que aguentar... ele deve amar mesmo essa mulher, caso contrário já teria arrancado a cabeça dela... só amando pra aguentar uma mulher assim... então paciência com ele, e com todos os detalhes desagradáveis de sua carreira... apesar de tudo, Ozzy é o cara, é o maior, é o pai dessa porra toda...

Black Sabbath - Paranoid (live Ozzfest 2005)

ah sim, uma pequena obs.: a menina que estava de shortinho e camisa do Guns 'n' Roses, com uma amiga loira baixinha, se por algum milagre ler isso aqui, deixe um comentário com seu msn (não vou publicar)... que merda, vi essa menina linda lá, mas não cheguei pra conversar preocupado em não perder meu primeiro show do Ozzy por causa de mulher... mas estou até agora arrependido de não ter chegado pra falar com ela, muito gatinha... que merda... aliás, nunca vi show de Metal com tanta mulher... será efeito MTV?

Ozzy Osbourne - Mr Crowley (live)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

postagens mais lidas da semana

Foro de São Paulo + Marxismo Cultural = Golpe Comunista



vídeos no youtube

Partido Nazista no Brasil, Socialismo e Comunismo - Daniel Coelho
BOLSONARO FALA EM VEADOS E CITA DATENA
PALAVRA ABERTA - COMISSÃO DA VERDADE - Jair Bolsonaro
Entrevista com o Cabo Anselmo no Canal Livre da TV Bandeirantes (1/9)
Entrevista com o Cabo Anselmo ao Dextra
Julio Severo concede entrevista exclusiva ao Dextra
Destruindo chavões socialistas - Leonardo Bruno
Mitos do liberalismo e socialismo - Filipe Altamir
10 anos da morte de Celso Daniel do PT. Lucia Hippolito para rádio CBN
O PT quer dar um Golpe no Brasil - Reinaldo Azevedo pt 1/2
O PT quer dar um Golpe no Brasil - Reinaldo Azevedo pt 2/2
Silas Malafaia em audiência do PLC 122 em 29 de novembro de 2011
O Drama da Mulher Moderna - Padre Paulo Ricardo (01/02)
O Drama da Mulher Moderna - Padre Paulo Ricardo (02/02)
Yuri Bezmenov - Marxistas, os idiotas úteis
Yuri Bezmenov - A corrupção moral da sociedade pelos Marxistas
Yuri Bezmenov - A corrupção moral da sociedade pelos marxistas - II


Olavo de Carvalho

Conselho de Olavo aos Brasileiros - Fujam do mundo melhor !!!
A Diferença entre Socialismo e Comunismo
Caetano Veloso e intelectuais de esquerda acordam para projeto totalitário do PT
O PT e o Desarmamento do Brasil
Governo, Farc e Foro de S. Paulo (prof. Olavo de Carvalho)
O Foro de São Paulo e o Neo-Comunismo
True Outspeak - Terrorismo e Foro de São Paulo
Ódio Esquerdista, Vitimismo Negro e Coitadismo Feminino
Escravidão, etnias, miscigenação, cotas raciais, racismo — TO 02/12/09
O COMUNISMO NO BRASIL É INEVITÁVEL!
Olavo de Carvalho explica o comunismo completamente (Parte 1)
Olavo de Carvalho explica o regime militar brasileiro
Casamento gay e Caos Jurídico no Brasil
Olavo de Carvalho - O COMUNISMO NO BRASIL É INEVITÁVEL!
Olavo de Carvalho Explica Porque Esquerdista não é Igual a Pessoa Normal